ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



15.7.10

Um post (seis meses) atrasado.



Faz hoje seis meses fiz anos e o meu presente-surpresa foi jantar e dormir aqui.
Foi a minha primeira experiência num restaurante estrelado via Michelin e julgo que a extravagância valeu a pena.
Mas falo apenas do restaurante, onde o serviço, a apresentação dos pratos e a qualidade da comida do chef Albano Lourenço pertencem, de facto, a um nível difícil de alcançar e manter.

Quanto ao hotel, a pouca simpatia de alguns empregados, o estado desgastado das alcatifas e o estado caótico em que encontrei a sala supostamente dedicada às crianças, incluindo a respectiva casa de banho, não estiveram à altura de um verdadeiro hotel de charme e do preço que essa designação implica.
E nesse fim-de-semana, nem os famosos jardins da quinta serviram para aliviar esta impressão negativa, pois chovia tanto e de forma tão ininterrupta que foi impossível visitá-los.

O espaço do restaurante, no entanto, contrasta com as alas dos quartos, nomeadamente com a da casa principal onde está integrado. Mais cuidado, atmosfera agradável, em sintonia com as iguarias provadas e aprovadas neste jantar de aniversário romântico.

Está explicado porque não tirei fotos a todos os pratos do longo menu de degustação: como as escapadelas a dois agora são muito poucas, tivemos de aproveitar...


A sala onde jantámos.


O risotto de pistáchio e açafrão...


O lombo de veado com cerejas ao balsâmico...


A banana caramelizada com seu gelado...


Os mimos servidos com o café (ai as telhas, as telhas eram simplesmente divinais!)...


O pequeno-almoço do dia seguinte. Nada de extraordinário, tendo em conta que estávamos na Quinta das Lágrimas, mas soube-me bem. Eu adoro a refeição do pequeno-almoço e tem de ser mesmo muito mau para eu não ficar satisfeita...

Obrigada G. Hoje é o teu dia e o jantar, ainda que não seja surpresa, há-de ser igualmente especial :-)

2 comentários:

LO disse...

Na revista Sábado desta semana, a crítica gastronómica é exactamente a este restaurante, que coincidência. As críticas são muito boas.
Bjs

aqui no campo... disse...

é verdade, Teresa...a Quinta das Lágrimas deixa muito a desejar...já lá estive há uns anos e já na altura achei o mesmo...
Nós agora, escapadinhas só mesmo para os spas da Vila Galé de Beja...vamos de rastos, mas saímos de lá como novos!!!
beijinhos