ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



30.1.15

Post 2 em 1 [bolo e curd de clementina]






Clementinas que chegam no cabaz da Prove, clementinas vindas do quintal dos meus pais, taças pintadas de laranja vivo espalhadas pela cozinha. Para além da opção 'ao natural', uso-as para fazer sumo, sobretudo ao pequeno-almoço, mas estava a precisar de alguma coisa que me ajudasse a escoá-las de forma mais eficiente.

Já tinha pensado em fazer curd (nunca fiquei muito satisfeita com as receitas de curd de laranja que experimentei, mas achei que as clementinas talvez tivessem mais potencial do que as laranjas para este tipo de creme). Depois, quando vi um bolo de clementina no Ananás e Hortelã, fez-se luz: "Teresa, vais fazer curd de clementina. E depois vais usá-lo para rechear e cobrir um bolo que leve também esse citrino". E segui para a cozinha, que não sou menina de me desobedecer.

Para o curd, guiei-me pela minha receita de curd de maracujá. Para o bolo, peguei numa receita antiga de bolo de laranja, troquei o óleo vegetal pelo azeite, parte da farinha por amêndoa moída e, em vez de sementes de papoila, frequentes nos bolos de laranja ou limão, resolvi usar as sementes de chia que recebi esta semana, vindas da Sementina: um projeto giro e saudável, que vos convido a conhecer.

O resultado foi delicioso. Mas como sou suspeita, aguardo que experimentem aí em casa e depois me digam se concordam, combinado?

Bom fim-de-semana!



BOLO DE CLEMENTINA COM AMÊNDOA E SEMENTES DE CHIA, RECHEADO E COBERTO COM CURD DE CLEMENTINA

Para o curd de clementina
(fazer com antecedência, para poder arrefecer):

170 ml de sumo de clementina
2 ovos L, preferencialmente caseiros
2 gemas de ovos L, preferencialmente caseiros
80 g de manteiga ou Vaqueiro
120 g de açúcar
Sumo de 1 limão
Raspa de 3 ou 4 clementinas pequenas

Misture muito bem todos os ingredientes numa taça que possa ir ao lume em banho-maria. Coloque a taça por cima de um tacho com água, sendo que a água não deve tocar na taça. Em lume médio, vá mexendo de vez em quando, até a manteiga estar bem derretida. Depois continue a mexer até engrossar, aumentando um pouco o lume. Demorará uns 15/20 minutos até ficar bem cremoso (depois de frio, ficará mais espesso). Se achar que ficou com alguns pedacinhos de clara de ovo coagulada, coe antes de passar para um frasco. Deixe arrefecer e leve ao frio.

Para o bolo:
(este é um bolo pequeno, mas pode dobrar a receita)

2 ovos, preferencialmente caseiros (daí a cor amarela do curd e do bolo)
110 g de açúcar
50 ml de sumo de clementina
30 g azeite (usei o Gallo Suave)
40 g de farinha de amêndoa (miolo de amêndoa moído, com ou sem pele)
45 g de farinha de trigo sem fermento
10 g de fermento em pó para bolos
1 colher de sobremesa de sementes de chia (usei da Sementina)

Pré-aqueça o forno nos 180º. Unte e polvilhe com farinha duas formas de 14 cm de diâmetro, forre o fundo com papel vegetal e volte a untar/enfarinhar.
Numa taça, coloque todos os ingredientes, pela ordem em que estão apresentados. Misture-os com um batedor de varas. Divida pelas duas formas e leve ao forno cerca de 20 minutos (faça o teste do palito, para se assegurar de que estão cozidos).

Desenforme um dos bolos para o prato de servir e deixe arrefecer. Desenforme o outro bolo para um prato forrado com papel vegetal e deixe arrefecer. Quando frios, coloque uma camada de curd de clementina sobre o bolo que está no prato de servir. Coloque em cima o outro bolo e cubra com curd (vai sobrar curd: use-o para acompanhar iogurte natural e granola, para comer com scones, etc. Dura cerca de 15 dias no frigorífico, bem fechado num frasco hermético.)


22 comentários:

cozinha100segredos disse...

Esse bolo está tão simples mas tão bonito. Adoro bolos que ficam assim planos por cima. E com esse curd a escorrer, ui, ui!

Miranda disse...

Costumo fazer muito curd de limão com clementina ou tangerina ou tangera, e adoro, mas uso ovos inteiros na minha receita. Os curds de laranja que tentei fazer saíram-me sempre mal, não pegavam ne á lei da bala, será qualquer coisa no sumo da laranja? Que impeça que a coisa "set" á falta de palavra melhor, que o meu português é péssimo!!! O bolo tem tão bom ar, fiquei com vontade de o replicar, mesmo.
http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

mgp disse...

Lindo como é habitual. Adoro a conjugação de azeite com laranja, também deve ser bom com clementina. Li em tempos que as sementes de chia perdem as propriedades de forem cozinhadas mas não confirmei se é verdade.

Diogo Marques disse...

Delicia de bolo, e com esse curd melhor ainda :)
-
Diogo Marques
Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
-

frango do campo disse...

adoro clementinas (ou marroquinos como também chamamos) são a minha sobremesa todos os almoços hehe e este bolo prendeu-me logo o olhar.achei giro usares sementes de chia, eu uso sempre sementes de papoila, como as de chia incham pensava que não ficariam bem. que enganada estava :) um beijinho grande**

basta cheio disse...

Este bolinho ficou magnífico! :)
Adoro bolo de citrinos com sementes de papoila. É para mim das combinações mais simples e divinais. Com chia nunca experimentei, mas acredito que resulte muito bem.
A julgar pelo curd de limão, cuja receita do Lume Brnado adoptei e sigo sempre, este curd deve ser delicioso.

Bjinhos
Susana

Susana Machado disse...

bem.. que delicia!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

ashley leo. disse...

Tem um maravilhoso aspecto e adoraria experimentar! Mas não posso comer a farinha de trigo. Será que usar só a de amêndoa é uma boa hipótese?

Inês Ginja disse...

E que bolo lindo Teresa!
Nesta altura a casa e o pomar estão cheios delas e de laranjas e limões, agora fiquei eu com vontade de fazer um curd (hum, que bom!).
Ficou lindo, adoro as fotos.
Um beijinho.

Cátia disse...

Este bolo é um pecado daqueles bem grandes! Tem um aspecto maravilhoso e ainda por cima tem dois ingredientes que gosto muito: clementinas e chia! Parabéns :)
Beijinho

Babette disse...

Ficou com um aspecto absolutamente tentador!
A experimentar em breve!
Beijo
Babette

teresa leonor disse...

ora bem, fiz o bolo ontem, mas tive de substituir as clementinas por laranjas e as sementes de chia por sementes de papoila. depois de juntar os ingredientes todos, achei que tinha muiiiiito pouca massa e pus-me a juntar mais coisas a olho (uma grande batota, mas teve de ser). o bolo saiu pequenote e não me sabe muito a laranja - sente-se bastante o sabor da amêndoa e está muito húmido. ficou ótimo! quem me dera que fosse maior eheh

Ondina Maria disse...

Que lindo!!!! Trouxeste o sol para nos animar nestes dias cinzentos e chuvosos! Nunca fiz coalhada que clementina mas sou super fã da de limão ou da de frutos vermelhos :)

Lume Brando disse...

Olá Ashley Leo, muito obrigada pelo comentário.
Julgo que pode sim, mas vai ficar com um sabor intenso a amêndoa e é capaz de ficar mais húmido ainda, por isso os tempos de cozedura podem não ser os mesmos... o ideal seria substituir pelo menos parte da quantidade de farinha de trigo por outra mais equivalente. Se o problema for o glúten, pode experimentar com farinha de arroz ou Maizena, ainda que não lhe saiba dizer qual o resultado final, pois nunca experimentei.
Beijinho
Teresa

Lume Brando disse...

Obrigada a todos pelos comentários tão encorajadores :)

Teresa Leonor: que bom foi receber o seu feedback! Obrigada.
Pois, eu na receita avisava que era um bolo pequeno ;) Mas o que importa é que correu bem a experiência. Para a próxima, se quiser um sabor mais acentuado a laranja ou ao citrino que utilizar, pode juntar as raspas (eu é que fui preguiçosa!)
beijinho e continuação de óptimas experiências culinárias.
Teresa

Isabel Mendes disse...

Que simples e delicioso! Troquei o sumo de Clementina por laranja que era o que cá tinha e juntei uma colhersinha de coco, ficou uma delicia! Obrigada ��

Ana Teles disse...

Que delícia!

______________________
Ana Teles | Telita
blog: Telita na Cozinha

Maria João Costa disse...

Parece maravilhoso :))

Teresa Rebelo disse...

Que bom, Isabel Mendes, fico mesmo contente que tenha experimentado e gostado!
Beijinho
Teresa

Pitú disse...

Tivesse eu ckementinas em Luanda e até me aventurava! Tem um aspecto fabuloso e cheira a Portugal! Parabéns Teresa! O blog esta cada dia melhor!

Lume Brando disse...

Olá Miranda... pois não sei, mas o certo é que também não fiquei muito satisfeita com os que fiz. Os únicos que eu gosto são os que também levam limão em doses relativamente generosas :)

Beijinho
Teresa

Lume Brando disse...

Olá mgp:

De facto também já tinha lido isso numa receita de granola e por isso a chia era só adicionada no final... mas também já vi receitas com chia adicionada à massa de pão, antes de ir ao forno. Acredito que algumas propriedades se percam, mas pelo menos a fibra deve manter-se...
Neste link, por exemplo, fala em imensas utilizações, em cru ou cozinhada:
http://sementedechia.info/47-maneiras-de-usar-chia/

Beijinho
Teresa