ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



24.7.12

Amor e café.






Segundo dados recolhidos na net, um casamento em Portugal dura em média cerca de 14 anos.
Num dos últimos domingos, tive o privilégio de participar numa festa em que se celebrou um número completamente fora da média: 50 anos de casados.

Tratou-se das Bodas de Ouro da minha tia Z. e o meu tio M.: uma festa muito bonita e cheia de detalhes ternurentos, preparada pelas filhas e pelos netos. Tenho um enorme carinho pelos meus tios "do Porto" e foi uma honra poder fazer-lhes o bolo de andares que vêem nas fotos.

Foi o meu maior desafio até agora, pois eram 60 os convidados. A decoração foi inspirada no bolo dos noivos de há 50 anos atrás, mas com a devida alusão a uma data tão valiosa.

Para agradar a todos os gostos, fiz três bolos diferentes: chocolate, noz e café. O de café era o do topo e incluí este sabor pois é um dos preferidos da tia. A receita é da Leonor de Sousa Bastos, e decidi-me a fazê-la depois de a ver replicada aqui.

Resultou muito bem (como era uma receita da LSB não tive medo de fazê-la pela primeira vez para o grande dia!) e atrevo-me a dizer que é um dos melhores bolos de café de sempre. Substituí o glacé da receita original por um creme básico de manteiga e café e fez-me lembrar uns bolinhos de uma casa de chá de Vila do Conde*, que eu adoro mas não como há anos...

Como na festa não tive oportunidade de fotografar o bolo aberto e como gostei realmente da receita, esta semana repeti-a para poder partilhá-la.

Porque tudo o que é bom deve ser partilhado.
Seja em forma de receita ou em forma de casamento longo e feliz. Se possível com muito café, para que nada nos escape pelo caminho...


*Ao Bom Doce: assim se chama a pastelaria de Vila do Conde, que perdeu o charme e a localização privilegiada de outros tempos, mas que julgo continuar a fazer aqueles doces maravilhosos, com os quais apenas conseguem rivalizar os petit fours da confeitaria Magariños, no Porto. Que saudades destes mimos! Tenho de tratar disso...




















Bolo de café (com recheio e cobertura de creme de manteiga e café)
Receita original aqui

Estas foram as quantidades e os ingredientes que usei, para um bolo pequeno redondo com 14 cm de diâmetro:

90 ml de café quente
1,5 colheres de sopa de café instantâneo em pó
120 g de farinha
5 g de fermento em pó
Uma pitada mínima de sal
85 g de manteiga amolecida (usei Vaqueiro)
1 ovo L
120 g de açúcar

Para o creme de manteiga e café:
220 g de açúcar em pó
80 g de manteiga ou margarina
3 colheres de sopa de café forte frio

Pré-aquecer o forno a 180º.
Forrar com papel vegetal duas formas redondas pequenas, untá-las com manteiga e polvilhá-las com farinha ou usar spray desmoldante.
Misturar o café com o café em pó e deixar dissolver bem. Reservar até arrefecer.
Peneirar para uma taça a farinha, o fermento e o sal.
Noutra taça, e com a batedeira eléctrica, bater a manteiga com o açúcar até ficar cremoso.
Adicionar a gema e voltar a bater até ligar.
Baixar a velocidade da batedeira para o mínimo e ir adicionando a farinha alternadamente com o café, terminando com a farinha.
Bater a clara em castelo e envolvê-la com cuidado ao preparado anterior.
Distribuir pelas duas formas e levar ao forno cerca de 20 minutos ou até um palito sair seco do seu interior.
Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco. Com a ajuda de uma faca fina, descolar o bolo das laterais da forma e desenformar.
Deixar arrefecer bem antes de aplicar o creme de manteiga.

Entretanto, preparar o creme de manteiga e café:

Na Bimby ou com a batedeira eléctrica, bater muito bem a manteiga a velocidade baixa/média até ficar bem cremosa. Juntar aos poucos o açúcar, batendo sempre. Por último, juntar o café, bater mais um pouco e está pronto a aplicar.

25 comentários:

Lenita disse...

Olá,
Ficou lindíssmo o bolo e posso dizer com confiança que é delicioso porque também já o fiz e comi (bastante).
Não usei essa cobertura, fiz um creme moka, mas eesa também deve ser muito boa, poruqe todas as receitas da leonor Bastos o são.
Bjs

panelasemdepressao disse...

Um bolo à altura da comemoração.
Muitos parabéns por tudo.

Maria disse...

Que bolo maravilhoso!!! deve de se sentir muito orgulhosa do bolo, e para a celebração especial para o qual o fez. Esta muito bonito.
Muitos parabéns pelo bolo. ;)

Ilídia disse...

Que linda data! E que bolo maravilhoso, com aquele delicioso toque vintage de que tanto gosto. Obrigada por o teres partilhado. Sim, esta vida só tem graça quando é partilhada:)
Um beijo,
Ilídia

Joana disse...

Muitos parabéns aos tios :)
O bolo ficou muito bonito!!!
Um beijinho

Patanisca disse...

Adoro bolos de café. O teu ficou super elegante :)

JotaSousa disse...

Parabéns, o desafio foi mais que superado!
E que obra de arte ficou este bolo :)
Esse bolo de café parece muito tentador, tenho que experimentar :)

Patanisca disse...

Adoro bolos de café, o teu ficou muito elegante :)

Ondina Maria disse...

Uma bela data, não hajam dúvidas. Mas confesso que não me espanta a longevidade do casamento: na minha familia tivemos 2 casamentos que ultrapassaram as bodas de ouro e já vamos com 3 casamentos que passaram a barreira dos 30 anos. Caso para dizer que aqui no Porto quase tudo é duradouro :p

Ai os petit fours da Magariños, do que te foste lembrar! Era presença obrigatória nas minhas festas de aniversário :)

Ondina Maria disse...

Uma bela data, não hajam dúvidas. Mas confesso que não me espanta a longevidade do casamento: na minha familia tivemos 2 casamentos que ultrapassaram as bodas de ouro e já vamos com 3 casamentos que passaram a barreira dos 30 anos. Caso para dizer que aqui no Porto quase tudo é duradouro :p

Ai os petit fours da Magariños, do que te foste lembrar! Era presença obrigatória nas minhas festas de aniversário :)

Marta disse...

Muitos Parabéns! O bolo ficou uma maravilha e lindo para assinalar uma data tão importante. Bjs

Miminhos da Mito disse...

Olá

Que bolo lindo ,para celebrar algo tão giro como o amor :)

Bjs

Candy Love disse...

O bolo ficou lindo!! Ainda para mais para comemorar uma data tão especial ;)

Filipa Lemos disse...

É um bolo fantástico para a ocasião!!
Anseio pelos aniversários da família que ainda por cima é pequena para poder fazer estas coisas!! :)

Diogo Marques disse...

Realmente 50 anos é obra!!

E o bolo que escolheste foi muito apropriado. Lindo, simples e elegante...e claro...uma delicia :)

life in paradise disse...

O bolo ficou um encanto, simplesmente lindo!!
E Parabéns aos teus pelos 50 anos!
Beijinhos do Paraíso ;)

Isadora disse...

parabéns aos tios! 50 anos não são para qualquer um!

que bolo perfeito! fiquei com agua na boca!

http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

Inspiração Inesperada disse...

Sweet... em todos os aspectos :)

Catarina Sá - A Cozinha da Kinhas disse...

Olá! Sou uma seguidora atenta que nunca comentou, mas 50 anos de um casamento não podia deixar passar em branco. Os meus parabéns aos aniversariantes, que venham mais 25 para festejar as bodas de platina :)
Quanto ao bolo só posso dar os meus parabéns, porque além de bom, está lindíssimo e ao mesmo tempo muito simples.
Deixo desde já o convite para visitar a minha humilde Cozinha sempre que queira... sinta-se em casa.

beijinhos

Vera disse...

olá,
o bolo ficou lindo á medida da data k comemora=)

A Delicodoce disse...

Quando venho fazer-te uma visita é sempre muito agradável. A data é maravilhosa 50 anos de amor e união são algo que nos dias de hoje causam sensação e admiração.
Confesso-te que eu apesar de não parecer já estou casada há 31 :))
É maravilhoso quando se ama e se consegue manter e desenvlover esse amor.
Para os teus Tios o desejo de muitas felicidades. Para ti também claro feliscidades e sucessos o bolo estava divinal e fabuloso.
Beijinho.

Nizz disse...

Que história bonita e que delícia de bolo!!! Incrível o aspecto, só me apetece espetar o garfo nessa delícia!
Beijinhos!

Ana Cooks disse...

fico maravilhoso!

foodwithameaning disse...

Não sabia que as estatísticas relativa à duração dos casamentos eram assim tão dramática. Chegar aos 50 ano de casado é então de facto obra.Nós cá em casa já chegámos aos 13 e tudo se resume a amor, paciência e sobretudo gestão de feitios.
A combinação de amor e café pareceu-me muito bem. O bolo ficou fantástico.
Um beijinho dos Açores.
E muita sorte para a continuação do seu projeto.
Patrícia

Anónimo disse...

Bom aspecto.