ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



3.12.13

A pensar no Natal.

Já há pais natal a escalar varandas (vá lá que parecem ser menos do que nos anos anteriores), não saem melodias das colunas das lojas que não sejam natalícias, o facebook está inundado com as árvores de natal dos amigos e, aqui na secretária, aguardam pelo veredicto do menino Jesus duas folhas repletas de desejos, escritos com letra da primária. 
Ainda que vá resistindo ao chamamento do Natal, com a chegada de Dezembro rendo-me à época e começo a imaginar as coisas boas que ela me traz: os encontros com os amigos, o tradicional almoço dos primos, a ceia e o dia de Natal em família alargada, os piratas com um brilhozinho nos olhos.

Mimar quem gostamos com algo feito por nós, pode também fazer parte do melhor do nosso Natal.
Bolachas, azeites aromatizados, bombons, compotas... Tanta coisa gira para preparar e oferecer!
Estes biscoitos de avelã são apenas um exemplo. Fáceis e rápidos de fazer, ficam deliciosamente crocantes e aguentam vários dias, até mesmo semanas, guardados numa caixa ou frasco hermético.

Eu já reforcei o stock de farinha, manteiga e açúcar e já tenho saquinhos de celofane, fitas e frascos preparados. E vocês?









Biscoitos de avelã

200 g de farinha
130 g de açúcar
100 g de manteiga à temp. ambiente
1 ovo L
100 g de miolo de avelã com pele

Pré-aquecer o forno nos 200º.
Ralar as avelãs num robot ou processador de cozinha.
Numa taça grande, juntar todos os ingredientes e amassar bem.
Retirar pedacinhos de massa e fazer bolinhas.
Com o dedo, pressionar ligeiramente cada bolinha.
Colocá-las em tabuleiros anti-aderentes ou forrados com papel vegetal e levar ao forno cerca de 20/25 minutos ou até estarem bem douradas e bem cozidas por dentro.
Depois de arrefecidas, guardar em caixas ou frascos herméticos.



13 comentários:

Ondina Maria disse...

hoje comprei 1kg de miolo de avelãs!!! Já tenho mais ou menos comprado tudo aquilo que vou precisar para fazer os meus presentes. Só me falta mesmo os saquinhos, os frasquinhos e as garrafinhas. Amanhã é dia de passar na loja da Marinha Grande :D

Paula Moita disse...

Por aqui vamos decorando e aproveitando para descobrir sabores para experimentar este ano na ceia de Natal! Estes biscoitos podem ser uma boa prenda! Quem sabe!?
beijinhos

Maria João Barbeitos disse...

Parecem-me deliciosos! Vou levar comigo! Obrigada... :)

Sabores Autenticos disse...

Que maravilha de biscoitos!
Bjs

Cozinha em sarilhos disse...

Por aqui também já se entrou no espírito! :)
Gostei muitos destes biscoitos, vou levar!! :)

Fátima Fonseca disse...

Vou experimentar esta receita em breve.

Rute Jacinto disse...

Adorei a ideia, apesar de também estar sem vontade de Natal, tb já ando com as ideias do que oferecer como mimos.
Estes bolinhos ficaram lindos!
Bjinhos

Azeitona disse...

Este fim de semana também está destinado a presentes de Natal. E estas bolachinhas (no meio de tantas hipóteses) parecem ser mais uma, hipótese...
Sei de quem ADORAVA... O meu pai!
Beijinhos e obrigada pelas ideias
Cláudia

Lia Teixeira disse...

Eu vontade para o Natal já tenho, falta-me é a vontade para começar a fazer seja o que for...
Ficaram um mimo estes bolinhos e devem ser uma delícia e que lindos vão ficar nos pacotinhos de oferta!
Beijinhos,
Lia.

Tertúlia da Susy disse...

Adorei e levo comigo.
Bjs, Susana
Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

Ana Garcia disse...

Olá Boa noite! Onde é que compra os saquinhos de celofane?
Obrigada e Feliz Natal

Marmita disse...

Ficaram lindos, nestas alturas é do pior só se come coisas boas.. e aqui parece que é sempre Natal! beijos

Lume Brando disse...

Olá Ana Garcia, eu compro os saquinhos de celofane nas casas de artigos para bolos e festas: Pasgelpan no Porto e Cantinho dos Paladares, na Maia.
Espero ter ajudado.
Beijinho
Teresa