ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



5.3.15

Hoje há queques para o lanche.


















Quem tem filhos em idade escolar e precisa de lhes preparar lanches todos os dias, sabe que não é fácil quebrar-lhes a rotina. Os meus habituaram-se de tal forma ao pão com queijo ou fiambre + iogurte (a fruta fica para o pequeno-almoço e para o final das refeições), que sempre que lhes aceno com algo um bocadinho diferente torcem o nariz. Mas de vez em quando experimento receitas para ver se são do seu agrado, até porque nesta fase parecem estar sempre com fome! Fazem três lanches por dia, dois deles à tarde, e mesmo assim chegam à hora do jantar cheios de apetite e a fazer a mesma e invariável pergunta: "mãe, o que é o jantar?". Mesmo conhecendo a minha resposta mais frequente, que tantas vezes ouvi da minha mãe: "o jantar são línguas de perguntador." Rimo-nos e pronto: mesmo que o prato não seja um dos favoritos, já não reclamam tanto. Acho que tenho muita sorte com os meus piratas.

Estes queques não são para mandar na lancheira todos os dias, claro que não. São um mimo para de vez em quando e espero que venham a fazer parte das suas (boas) recordações de infância. Pelo menos, ficaram aprovados à primeira fornada. A receita é do livro 'Mãos à obra', da autora de um blog que sigo de forma fiel, o Saídos da Concha. A Constança Cabral, aka Concha, é uma inspiração para mim e suspirava pelo seu livro desde que saiu. No meu aniversário, um grupo de amigas atendeu aos meus desejos e, como vêem, já comecei a arregaçar as mangas ;)

















QUEQUES
(receita deste livro)

Fiz metade da receita original e rendeu-me 17 queques.
As quantidades que usei e os procedimentos que segui são os que coloco aqui.

250 g de açúcar
150 g de manteiga amolecida
6 ovos à temp. ambiente
150 ml de leite morno
250 g de farinha de trigo
1/2 colher de chá de fermento em pó

Pré-aqueça o forno nos 180º.
Prepare as formas para queques, forrando-as com forminhas de papel ou cortando quadrados de papel vegetal (ficam bonitos com o papel vegetal, mas é bem mais prático usar formas de papel; concluí que a forma mais fácil de forrar as cavidades com o papel vegetal é amachucá-lo primeiro).
Bata bem o açúcar com a manteiga, até obter um creme esbranquiçado. Junte os ovos, um a um e continue a bater. Adicione o leite, mexa bem e por fim envolva a farinha e o fermento. Distribua pelas formas e leve a cozer cerca de 15 minutos (usei a função ventoinha, uma vez que coloquei dois tabuleiros no forno ao mesmo tempo e acho que assim o calor se distribui mais facilmente, mas o melhor é fazer o testo do palito, quando começarem a ficar dourados: se sair limpo, estão prontos. Retire das formas e coloque-os a arrefecer sobre uma grade.

P.S.: Esqueci-me de contar aqui no blog que estou a colaborar com o jornal Observador! De quinze em quinze dias é publicada uma receita nova saída da cozinha do Lume Brando. Vejam aqui a mais recente: minitartes de limão e framboesa.



8 comentários:

Jo disse...

Que bom aspecto!! Fiquei aqui de água na boca. Tenho mesmo que comprar uma balança de cozinha - ando para aqui restringida a receitas com medidas em chávenas, colheres e etc.

Diogo Marques disse...

E que magnifico lanche :) Ficaram perfeitos!
-
Diogo Marques
Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
-

De aprendiz a chef disse...

Que bem que saíram :P Muito giros :P

http://deaprendizachef.blogspot.pt/

Cátia disse...

Têm um aspecto maravilhoso e acredito que fizeram as delícias dos mais pequenos! Espero um dia poder fazer o mesmo! Beijinhos

Maria João Barbeitos disse...

Lá em casa somos fãs de queques. Não há nada mais prático para a merenda das miúdas! Obrigada. Vou levar mais estes comigo ;)

Miranda disse...

Ai a dor de cabeça dos lanches eheheh!!! Tive o azar de ter um esquisitinho com tudo, e de lanche só come bolachas caseiras de laranja, limão ou baunilha com pouco açucar - não gosta de coisas doces, vá-se ver!! - e leite para de manhã, e para o lanche da tarde tem de ser pãozinho bijoux também ele caseiro com queijo, e o fatidico leite, nunca vi ninguém beber tanto leite...recusa comer fruta fora das refeições, mas é capaz de comer várias peças de enfiada, então no Verão, é a loucura! E dizer-lhe que leve outra coisa que não o mesmo de sempre? Nunca, sei que o lanche volta para casa... o bom aspecto destes queques pode ser que façam com que o rapaz mude de ideias e me diga que assim um ou outro dia pode ser interessante variar, é a minha esperança!!
http://bloglairdutemps.blogspot.pt

More Than Cookies disse...

Ficaram com um aspecto delicioso! De vez em quando também faço queques para os lanches... acho que é um miminho tão bom:)
Já experimentei o bolo de natas do livro da Concha e gostei imenso. Esta já está na lista para ser a próxima:)

Marmita disse...

E vir aqui á hora do lanche?? Doí muito :) Estão lindo Teresa, um beijo