ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



22.4.15

Say frittata!


















Há palavras de que gosto muito e outras de que não gosto nada.
Há palavras cómicas, há palavras leves, há outras pesadas e cinzentas, que ainda que os seus significados sejam inofensivos provocam-me calafrios.

Quando era pequena costumava associar cores às palavras, aos números e às letras. Por exemplo, o A para mim é branco, o E é amarelo, o I é vermelho, o O é castanho e o U é preto. Há por aí alguém com esta mania? Ou sou só eu que sou maluquinha ;)?

Isto para dizer que adoro a palavra 'frittata'. E apesar de ser uma palavra italiana, apetece-me dizê-la sempre com uma entoação asiática exagerada, bem ao estilo de Mr. Chow do filme "A Ressaca". Got the picture? Aposto que já estão a treinar aí desse lado, eheheh!

Não é novidade que os ovos são aquele ingrediente que melhor nos pode salvar de apuros, quando estamos com a despensa vazia, estamos sem inspiração ou sem grande vontade de cozinhar. Com eles facilmente criamos um prato saboroso e nutritivo. Como esta frittata. Mas a receita que vos trago é só uma ideia, sintam-se livres de fazer outras combinações, mais ao vosso gosto e ao que tiverem no frigorífico. Só têm de me prometer que vão dizer "frittataaaa"!















FRITTATA DE BATATA DOCE E AGRIÃO

(Para 4 pessoas como refeição leve ou para cerca de 6 pessoas como entrada)

1 batata doce grande
6 ovos
1 cebola
2 dentes de alho
50 g de bacon partido em cubos
1 chávena almoçadeira de agriões
1 folha de louro
Sal
Pimenta preta
Azeite
50 g de queijo feta ou queijo de cabra (opcional)
Salsa picada para servir (opcional)

Lave bem a batata doce e leve a cozer com pele num tacho com água abundante temperada com sal.
Numa sertã (idealmente daquelas que podem ir ao forno, como esta da Le Creuset), leve a saltear num fio de azeite a cebola e os alhos picados, juntamente com a folha de louro. A meio do processo junte os cubos de bacon e deixe cozinhar. Entretanto ligue o forno nos 200º.
Quando a batata doce estiver cozida, retirar da água para um prato. Assim que tiver arrefecido o suficiente para lhe poder retirar a pele, faça-o e junte a batata-doce à sertã, retirando antes a folha de louro. Não faz mal se a batata estiver bastante cozida, pode ficar uma espécie de puré. Envolva bem no salteado e tempere com pimenta preta acabada de moer e mais sal, se necessário.
Entretanto bata bem os ovos e tempere-os igualmente de sal e pimenta. Espalhe na sertã os agriões, os pedacinhos de queijo e por fim verta os ovos batidos. Com um garfo, pressione com cuidado os agriões, para ficarem cobertos pelo ovo.
Leve ao forno cerca de 20 minutos ou até os ovos estarem no ponto de que gosta, eu gosto que não cozam completamente...
Polvilhe com salsa picada, se tiver, e sirva com pão e salada.




13 comentários:

Ovelha Negra disse...

Adorei saber a entoação que dás à palavra fritatta confesso que nunca tinha pensado no assunto, mas de facto se for entoada "à lá Mr Chao", fica muito mais interessante :)
Este é um daqueles pratos que salva qualquer jantar - simples, rápida e sempre delicioso!
Teresa | A Cozinha da Ovelha Negra

Clara Brito disse...

Que bom aspecto tem essa frittata.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/04/bundtcake-de-banana-e-leite-achocolatado.html

mgp disse...

Associar cores a letras chama-se sinestesia e é uma faculdade extraordinária de algumas pessoas. Sei que existe (não, não é maluquinha :))mas nunca me dediquei a aprofundar o tema, há muitos trabalhos científicos sobre a cinestesia

Miranda disse...

O meu filho adora frittatas, volta e meia lá me está a pedir uma, e bastas vezes tenho tido de inventar e puxar pela cabeça mesmo por não ter restos no frigorifico os quais possa aproveitar para fazer a dita!!
http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

O cantinho dos Gulosos disse...

ressaca grande filme :D, essa frittata deve estar cheia de sabor com esses ingredientes, ovos são realmente algo que nos salva para fazer algo rápido, mas pronto não se deixa o sabor de fora, e essa deve ter um sabor tão bom.


O Cantinho dos Gulosos

Ondina Maria disse...

LOL, nunca me deu para associar letras as cores. Mas olha que sou muito maluqinha nas associações que faço (um dia conto-te algumas!).
Frittata é uma palavra deliciosa: olha, só por ter a ver com ovos e coisas boas, fica logo uma palavra do bem :)

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog, é um dos que sigo com entusiasmo. Alguém que entende o meu entusiasmo por uma fritataaaaa. Quando chego tarde da faculdade e sem inspiração e uma frtitatta de ovos caseiros da avo e depois e inventar:)

Lume Brando disse...

Obrigada mgp! Não fazia ideia de que esta 'mania' tinha nome científico e era objecto de estudo! Agora fiquei curiosa, vou investigar ;)

Beijinho
Teresa

Joana Gomes disse...

Ainda esta semana comi frittata.
Tinha mais ingredientes que esta, mas também foi super simples. É tão bom.

x
www.whenyoudreambig.com

Filipa disse...

Eu também associo cores a letras, números (o 2 é azul, o 3 verde, o 5 encarnado e o 10 amarelo, por exemplo), meses e dias de semana e até a pessoas! Só há poucos anos descobri que mais ninguém que eu conhecia tinha a mesma capacidade, e que esta é rara (mas ainda não se descobriu a utilidade) e tem um nome: sinestesia. E sim, vai desaparecendo com a idade, o que é uma pena. Eu tenho algumas amigas de infância que associava ao encarnado ou ao amarelo, e assim continuam, mas os conhecimentos mais recentes têm todos cores esbatidas… Bem-vinda ao clube! Filipa

Marmita disse...

Oh pá.. adoro o Mr Chow... agora na minha cabeça só me vem aquela frase que ele diz ao fechar o vidro do carro "Mother Fuckeeeeeeeeeeerrrr", demais :D a frittata está TOP, claro!

Lume Brando disse...

Ondina, depois quero saber que associações são essas, eheheh!

Filipa, que bom saber que não sou a única com esta mania! Não sei é se concordo com as cores que associas aos números, eheheh. Para mim o 5 também é encarnado, mas já o três é amarelado, lol. E o 1? Para mim é preto!

Marmita: Mr. Chow rules! (e já agora, o Bradleysinho tb! )

Bjs para todas
Teresa

Pitú disse...

Teresa, depois deste post e da minha gulodice o intercontinental, fico na dúvida se gosto mais da escrita ou da receita. Palavras fabulosas para descrever um prato que irei em breve experimentar. Parabens*