ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



24.5.16

Uma casa no campo [e umas minicalzoni para receber os amigos].






Apesar do rap não ser, de todo, o meu estilo de música favorito, gosto muito de Capicua.
Via-a recentemente ao vivo e fiquei a gostar ainda mais.
Mais do que o ritmo, atraem-me as letras.
Uma das minhas favoritas, a par de "Medo do medo", é  a "Casa no Campo".

E hoje, quando decidi partilhar esta receita, criada originalmente para o jornal Observador, lembrei-me dessa música e dessa letra. Porque as fotos foram tiradas numa casa de campo e porque eu própria sonho com uma casa assim, térrea, onde os dias "são como os demais, sem serem todos iguais."

(...)
Quero uma casa no campo como Elis Regina,
Plantar os discos,
Os livros e quem sabe uma menina,
Por mim até podem ser mais,
Um amor como os meus pais,
Os dias como os demais,
Sem serem todos iguais.

Casa no campo com a porta sempre aberta para deixar entrar amigos,
Partir à descoberta,
Ter a minha cama grande com a colcha predileta e um cão desobediente dorme em cima da coberta.
Quero uma casa completa com um pedaço de terra,
E com o espaço quero o tempo para adormecer na relva,
Longe da selva de cimento,
Eu acrescento que quero cultivar mais do que mero conhecimento,
Quero uma horta do outro lado da porta e quero a sorte de estar pronta quando a morte me colher
(...)

Capicua















MINICALZONI DE ESPELTA

Para cerca de 8

Para a massa:

250 g de farinha de espelta
1 ovo M
50 g de água
40 g de azeite
1 boa pitada de sal
1 ovo batido para pincelar

Para o recheio:

250 ml de molho de tomate, de preferencia caseiro
½ chouriço partido em cubos
½ pimento vermelho partido em cubos
1 lata pequena de milho
3 rodelas de ananás ou abacaxi
100 g de queijo flamengo, mozzarella, ou outro que derreta bem
Óregãos secos qb

Pré-aqueça o forno nos 190º.
Coloque a farinha e o sal numa taça. Junte o ovo, a água e o azeite e misture tudo com as mãos. Amasse só até obter uma bola lisa e uniforme.
Enfarinhe a superfície de trabalho e vá esticando pedaços de massa com o rolo (esticar toda de uma vez exige muito espaço e muito esforço!), até ficar com uma espessura de 2 a 3 mm. Recorte círculos com cerca de 14 cm de diâmetro e coloque-os em tabuleiros anti-aderentes ou forrados com papel vegetal. Espalhe duas colheres de sopa de molho de tomate numa das metades de cada círculo (sem que o molho vá até ao rebordo da massa) e distribua os ingredientes, colocando-os por cima do molho, pela mesma ordem que seguiria numa pizza convencional. Dobre cada círculo, tapando o recheio e unido os rebordos com a ajuda de um garfo. Pincele com ovo batido e leve ao forno durante cerca de 20 minutos. Pode servir de lanche a meio da tarde, ou até de refeição leve, acompanhadas de uma boa salada.

Nota: esta massa é mais de empada do que de pizza, por isso não precisa de levedar!




5 comentários:

Miranda disse...

Também quero uma casa no campo, como a Elis, mas no campo meio á beira mar!!! Adoro calzones e nunca fiz, acho que é desta que vou arriscar, não parece complicado.
https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

Marmita disse...

Aí que maravilhas, ainda não são 9 da manhã e eu já era capaz de comer dois desses! Um beijo

Ana Rita disse...

Realmente imagino estes calzoni numa pastuscada numa casa de campo...É uma receita bem simples de se fazer e que tem carisma.... Arranja a casa de campo e marca a patuscada!!!
Bjoka
Rita

Tânia Tiago disse...

Fantásticas. Até me abriram o apetite ;)
Bjinhos!!

http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

Naturally Andy disse...

Excelente ideia, faço muitas vezes pizza de espelta cá em casa mas nunca fiz em forma calzone :D ótima sugestão e continua o bom trabalho!