ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       WORK                       FACEBOOK                       PINTEREST



Ruibarbo no Gaivota


Nas férias “grandes”, em Agosto, deliciei-me por mais do que uma vez com os sábios sabores do Gaivota, um restaurante simples mas muito simpático em Moledo do Minho. Um dos ex-libris da casa, o bacalhau à Brás, é melhor do que o da minha mãe, dito por ela própria, o que quer dizer que é mesmo muito bom. O arroz de pato “à antiga”, esse, é solto, saboroso, com nada a mais nem nada a menos. Havia outras iguarias na lista mas, como “em equipa que ganha não se mexe”, acabámos por pedir sempre este belo par. À sobremesa, numa das incursões, aconteceu a surpresa: havia tarte de ruibarbo. Não houve mais dúvidas: tinha de vir para a mesa o doce feito com essa matéria-prima que só conhecia de nome. De aspecto e sabor muito semelhantes à tarte merengada de leite condensado e limão, acabou por desiludir um pouco, não pela qualidade mas pela falta de surpresa ao paladar. A solícita empregada garantiu-me que não levava leite condensado e que o sabor "alimonado" era dado pelo ruibarbo - uma planta cujos caules são a única parte aproveitada para fins culinários, uma vez que as folhas são tóxicas, como já referi num post anterior. Seja como for, o bolo de chocolate e castanhas em forma de tablete de chocolate “roubado” aos restantes convivas, depressa apagou a ligeira decepção. O Gaivota fica na zona interior e rural de Moledo e o telefone é o 258 921 661.

The food of love.

"The food of love" é o título original deste livro “molto italiano”, nas palavras de uma amiga minha que também o leu. O autor, Anthony Capella, é um estudioso da gastronomia italiana e dá-nos a conhecer alguns dos segredos de culinária deste país latino através de um romance “molto” divertido. Destaque para os insultos em italiano vernáculo, que provam que não é só na cozinha que os italianos sabem ser criativos. E para as referências aos locais e costumes de Roma: se "O Código Da Vinci" levou imensas pessoas a Paris, o "Receitas de Amor" promete levar bastantes à cidade eterna. Sobretudo mulheres. De livro na mão e água na boca.