ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



3.12.09

Algo doce, para variar.



Este blog estava a precisar de açúcar. Há muito que não aparecia nada doce por aqui, o que é uma falha grave, sendo eu tão gulosa e estando o Natal a chegar.
Ora aqui está uma óptima maneira de me redimir: uma tarte de chocolate e caramelo, adaptada do primeiro livro de Clotilde Dusoulier, de que já falei aqui. Não posso dizer que é a minha forma favorita de comer chocolate, mas é uma tarte especial, de facto, com um subtil e surpreendente recheio de 'caramelo de nata'. O meu homem grande, muito exigente em tudo o que diz respeito a comida, e muito especialmente no que toca ao chocolate, diz que é de comer e chorar por mais. Vamos lá confirmar?

Tarte de Chocolate e Caramelo

Para a base:

A base da receita original é de massa quebrada, mas eu simplifiquei e fiz uma base típica de cheesecake.

1 pacote de bolacha Maria
80 g de manteiga amolecida


Picar a bolacha, juntar a manteiga, amassar até formar uma areia grossa e húmida e forrar uma tarteira de 25 cm com esta mistura, calcando bem com os dedos
(fiz na Bimby: parti ao meio as bolachas e coloquei-as junto com a manteiga - à temperatura ambiente - no copo, Vel.4 cerca de 20 seg.*). Se o forno estiver ligado, aproveite e leve ao forno uns 10 minutos, para "prender" a base e tornar esta mais crocante. Se não estiver, não se justifica ligar o forno só para "cozer" a base de bolacha, uma vez que o resto da tarte não exige forno.

Para o recheio de caramelo:

90 g de açúcar amarelo
1 colher de sopa de mel de boa qualidade
1/2 colher de chá de flor de sal
80 g de natas para bater
(ainda que não sejam para bater, têm maior teor de gordura, por isso substituem melhor o double cream da receita original)
30 g de manteiga sem sal
1 colher de sopa de água


Medir e pesar todos os ingredientes. Num tachinho de fundo espesso, juntar o açúcar e a colher de sopa de água e manter em lume médio-baixo, até o açúcar ficar derretido. De vez em quando, inclinar ligeiramente o tachinho e com um movimento suave circular fazer com que o açúcar derreta por todo, mas sem cair na tentação de mexer (confesso que esta parte não é muito fácil para quem, como eu, não costuma fazer caramelo!). Assim que a mistura ficar homogénea e com uma cor bonita (se ficar escuro é sinal de que já esteve tempo demais ao lume e vai ficar amargo), juntar o mel e mexer para misturar bem. Juntar o sal e as natas, mexendo novamente. Retirar do lume, acrescentar a manteiga e mexer para que esta se misture uniformemente. Verter este creme na tarteira, por cima da base de bolacha. Deixar arrefecer um pouco e levar ao frio no mínimo 40 minutos.

Para a camada de chocolate:

280 g de chocolate de culinária de qualidade
240 g de natas para bater
(ainda que não sejam para bater, têm maior teor de gordura, por isso substituem melhor o double cream da receita original)

Partir o chocolate aos pedaços para uma taça, preferencialmente em inox. Levar ao lume as natas num tachinho de fundo espesso e deixá-las aquecer muito bem sem no entanto chegarem a ferver. Verter metade das natas sobre o chocolate. Tapar o tachinho para as restantes natas não arrefecerem. Esperar uns 20 segundos, para que as natas quentes contactem com o chocolate e misturar bem com uma vara de arames. Voltar a verter mais uma porção de natas e repetir o procedimento. Juntar as natas restantes, misturar bem, retirar a tarteira do frigorífico e verter esta ganache de chocolate sobre a camada de caramelo, espalhando bem por todo e alisando a superfície com uma espátula. Colocar de novo no frigorífico no mínimo 1 hora, antes de servir.

*Inicialmente, por lapso, tinha dado aqui a indicação de mais tempo e maior velocidade, o que deixaria a base de bolacha demasiado ligada!

2 comentários:

Marina disse...

Teresa, sempre coisas boas!
Eu adoro caramelo (acho que já disse isto hoje, lol) por isso esta junção ao chocolate só me pode parecer fantástica!
Beijinhos.

Sónia Andreia disse...

Vou deixar de ler o teu blog...decididamente. É dificil olhar para estas fotos e não ficar com água na boca e a pensar que seria tão bom poder dar uma dentadinha....beijinhos