ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



16.1.14

Magyarok*





















*Húngaros em húngaro, segundo o tradutor do Google.
E ainda de acordo com esta aplicação, "finom keksz" é o correspondente a "bolachas deliciosas": a melhor expressão para descrever as estrelas deste post.
No entanto, e por mais palavras-chave que tenha colocado no motor de busca, não consegui encontrar nenhuma explicação para o nome deste mimo clássico da minha infância (ou da minha vida, pois ainda hoje continuo a gostar e a comer destas bolachinhas com dupla personalidade). Nem mesmo a expressão 'hungarian cookies' me trouxe uma pista. Imagino, por isso, que a origem da receita esteja relacionada com algum episódio curioso de um qualquer pasteleiro português, sem qualquer relação ao país que lhe deu o nome (mas se por acaso conhecerem a sua história, partilhem comigo por favor).

Doce húngaro, sortido húngaro, húngaros... a terminologia vai variando de confeitaria para confeitaria, assim como a qualidade da bolacha. E se não queremos ficar desiludidos, o melhor é fazê-las em casa.

Carinhosamente enviada por uma amiga e fã do blog, esta é uma receita muito simples e fácil de fazer, que garante um resultado perfeito: a massa fica leve e a desfazer-se imediatamente na boca, com aquele sabor típico dos húngaros, dado pelas gemas cozidas. Para uma versão igualmente boa e fácil, mas não tão fiel à original, é só clicar aqui.

Jó étvágyat!*


HÚNGAROS
(para cerca de 50 bolachas; pode facilmente duplicar ou triplicar a receita)


75 g de açúcar em pó
125 g margarina para bolo-rei
4 gemas cozidas
200 g farinha com fermento
40 g de amido de milho (Maizena)
350 g de pastilhas de chocolate preto para fundir

Cozer 4 ovos e reservar as gemas (pode aproveitar as claras para picar e colocar por cima de uma sopa ou de uma salada).
Pré-aquecer o forno nos 200º.
Num robot de cozinha, colocar o açúcar e a margarina e bater bem.
Juntar as gemas (podem estar ainda quentes) e por último as farinhas.
Retire a massa, dê-lhe a forma de uma bola e estenda-a com o rolo numa superfície enfarinhada até obter a espessura desejada (3 a 5 mm - não gosto delas muito altas).
Use cortadores para fazer as bolachas e distribua-as por tabuleiros anti-aderentes ou forrados com papel vegetal. Leve a cozer cerca de 8/10 minutos. Vá espreitando o forno, pois esta massa coze rápido, imagino que seja porque as gemas já estão cozidas.
Retire do forno, levante as bolachas com cuidado do tabuleiro (com uma espátula fina, por exemplo, pois partem com facilidade) e deixe arrefecer sobre uma grade de pastelaria.
Leve o chocolate a derreter em banho-maria (a água do recipiente de baixo não deve tocar no recipiente do chocolate).
Coloque o chocolate derretido numa taça relativamente estreita mas onde caiba uma bolacha de cada vez. Vá mergulhando as bolachas no chocolate cobrindo metade da bolacha e colocando a secar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Se estiver com pressa, leva o tabuleiro ao frigorífico e o chocolate solidificará muito rapidamente.
Guarde em caixas herméticas ou frascos, depois do chocolate bem seco.

*Bom apetite em húngaro ;)


29 comentários:

Maria João Clavel disse...

A Maria delira com os húngaros. Nunca fiz e também não conheço a sua história. Mas agora que me aguçaste o apetite, acho que é hora de arregaçar as mangas ;)

Sol de Dezembro disse...

Adoro sortido húngaro! Obrigada pela partilha. Posso só perguntar o que é margarina para bolo rei??

Ratolinha disse...

Adoro esses húngaros, adoro. E esses ficaram com excelente aspecto.
bjinhos

Ondina Maria disse...

Bom apetite em húngaro para ti também LOL.
Adoro húngaros, são as minha bolachas preferidas. Mas como tenho uma prequiça enorme no que toca a fazer bolachas, compro os meus húngaros na confeitaria Império em Santa Catarina pois até agora são os melhores que já provei: massa areada e chocolate negro :)

SEG disse...

Uau!! Que aspecto delicioso! E esse truque de usar as gemas já cozidas fará concerteza toda a diferença...este fim de semana vou já testar esta receita...só espero que as minhas bolachinhas fiquem minimamente parecidas com essa delícia :-) Só uma dúvida: o que é "margarina para bolo-rei"? A normal, tipo "vaqueiro" não serve?

Tertúlia da Susy disse...

Lindas, saborosas e lindas fotos.
Bjs

Petiscos e Miminhos disse...

finom keksz é o que tenho a dizer!

Luisa Alexandra disse...

Que lindos estão, eu adoro húngaros!

Food and Emotions disse...

Que aspecto delicioso!!!!Na caixinha então, ficam mesmo uma tentação :-)
Beijinho

Sabores Autenticos disse...

Lindas e deliciosas!
Bjs

Fátima Fonseca disse...

A cookie-kat úgy néz ki, gyönyörű!
(as tuas bolachas estão lindas!)

Adorei esta receita.
Costumo fazer uma outra versão na bimby e as miúdas cá de casa devoram-nas.

Fátima Fonseca disse...

A cookie-kat úgy néz ki, gyönyörű!
(as tuas bolachas estão lindas!)

Adorei esta receita.
Costumo fazer uma outra versão na bimby e as miúdas cá de casa devoram-nas.

O Cantinho da Sophia disse...

Adorei estas bolachas. Que aspecto tão delicioso! Bjs

Ana Rita disse...

Por acaso era engraçado saber a origem do seu nome e se por acaso tem alguma coisa a ver com os húngaros,lol...
À parte do nome e da história, estas bolachas são uma presença nas lembranças de infância de qualquer um, seja em feiras, em padarias, ou nas mercearias antigas. Lembro me de uns recheados com doce de morango e marmelada, com a ponta mergulhada em chocolate...E de ficar com as mãos bem lambuzadas de chocolate que ia derretendo á medida que as comia!
Ficaram lindos os teus e as fotografias uma maravilha como sempre!
Bjoka
Rita

Madalena Sousa disse...

Adoro os húngaros. Mas também não faço ideia da origem do nome... :-(
Como quero fazer pode-me só esclarecer o que é margarina para bolo-rei?
Obrigada.

Madalena Sousa disse...

Adoro os húngaros. Mas também não faço ideia da origem do nome... :-(
Como quero fazer pode-me só esclarecer o que é margarina para bolo-rei?
Obrigada.

Lume Brando disse...

Muito obrigada pelos vossos comentários!
Quanto à margarina para bolo-rei, foi a primeira vez que usei e não sei exactamente qual a diferença em relação à margarina normal. Pelo que sei, ela também é muito usada em brioches e por ter uma coloração amarela mais acentuada, dá aos bolos e bolachas um tom amarelado mais intenso (mas eu usei ovos caseiros, o que também contribui para isso). Também me pareceu que tinha um travo mais amanteigado do que a margarina normal. Quando for à loja de artigos para bolos onde comprei, vou perguntar :)
Se alguém experimentar com margarina normal, por favor, conte-me! obrigada.
Beijinho
Teresa

Cozinhar sem Lactose disse...

Gosto muito! Também gostava de saber a origem do ano, é curioso!

Lia Teixeira disse...

Adoro Húngaros.
São das minhas bolachas favoritas e estes ficaram mesmo lindos e apetitosos!!!
Beijinhos,
Lia.

Gori disse...

Olá, Teresa. Os húngaros são as bolachinhas preferidas do meu filhote mais velho, e eu também adoro. Já experimentei a outra receita que tinha no blog e gostamos muito, esta é melhor?
Beijinhos e os meus parabéns atrasados :)

Azeitona disse...

Estes são os ÚNICOS biscoitos que compro em pastelarias! Mas creio que nunca maia vou comprar!
Obrigada Teresa... que eu ADORO húngaros :-)
Beijinhos
Cláudia

Anónimo disse...

Ohhhh que maravilha! Cá por Itália não fazem húngaros e sempre que vou ao Porto como aos Kgs ( e não estou a exagerar!!!)!Obrigada pela partilha, este fim-de-semana já vou experimentar;)

Filipa Lemos disse...

Que belas fotos, que belas bolachas!!

Mª João - Ponto de Rebuçado Receitas disse...

Ai que lindas... e devem ser uma delícia! Vou fazer! :D
Beijinhos

iwantobakefree disse...

Que maravilha! Adoro também estes húngaros. Não os consigo parar de comer e já algum tempo que os queria experimentar. Tenho de fazer e depois digo-te! Beijinhos

Marmita disse...

Essa caixa é amorosa, adorei as cores e a receita parece-me ser muito boa! Respondendo ao teu comentário... a minha e da Inês é Roxa escura e nós tb a baptizámos é a Purple Bitch LOL beijos

Eat disse...

Adoro!

http://myrestaurant.pt/

Anónimo disse...

Acabei de tirar uma fornada de Hungaros do forno... estão deliciosos e foram feitos com manteiga sem sal... até se desfazem na boca... Vou repetir... Beijocas

Mafalda disse...

São as minhas bolachas preferidas e esta foi sem duvida a melhor receita que já experimentei ;)
Ficaram optimas! Obrigada Teresa