ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



7.4.16

Saborear a vida.





















O leite condensado Nestlé faz parte das minhas memórias de infância, quando o comia às colheradas. 
Na adolescência, tive uma amiga ainda mais gulosa, que levava uma lata consigo sempre que tinha de passar uns dias fora: fazia um furo na lata, que guardava debaixo da cama, e ia bebendo sempre que as saudades da família apertavam.


Foi por isso com bastante prazer que aceitei o desafio da Nestlé, para criar uma receita que simbolizasse o lado mais doce da minha vida com o seu leite condensado Tradicional.
Para mim, um ‘dia doce’ é um dia passado em família. Os fins de semana prestam-se a esta doçura e foi para tornar o domingo ainda mais guloso, que fiz esta tarte e a levei para casa dos meus pais: o final perfeito de mais um animado almoço com três gerações à mesa.














TARTE DE LIMÃO E FRAMBOESA

1 lata de leite condensado Nestlé Tradicional
4 gemas
2 claras
180 g de bolacha Maria integral
90 g de manteiga amolecida
1 colher de chá bem cheia de cacau em pó
250 g de framboesas frescas + 100 g framboesas frescas ou congeladas
25 g de açúcar amarelo + 2 colheres de sopa
Sumo de 1,5 limões
Uma pitada de sal
Folhinhas de hortelã e raspas de chocolate preto para servir

Pré-aqueça o forno nos 180º.
Triture as bolachas grosseiramente, junte o cacau em pó e a manteiga amolecida e volte a triturar, envolvendo bem a manteiga nas migalhas de bolacha.
Forre uma tarteira com esta mistura, pressionando bem com os dedos.
Leve ao forno já quente cerca de 5 minutos, apenas para ‘prender’ a base de bolacha. Reserve.
Triture 100 g de framboesas frescas, junte as gemas e bata muito bem.
Passe esta mistura por um coador, para descartar as grainhas das framboesas - use uma espátula para pressionar a mistura contra a rede do coador, de forma a obter o máximo de líquido.
Verta o leite condensado para uma taça, junte-lhe a mistura de gemas e framboesas e o sumo de 1 limão. Mexa bem e verta por cima da base de bolacha (pode ser que não use o recheio todo, depende do tamanho da sua forma).
Espalhe algumas framboesas frescas e leve ao forno cerca de 15 minutos.

Entretanto, prepare o coulis de framboesa: leve ao lume 100 g de framboesas frescas ou congeladas com 25 g de açúcar amarelo (ou a gosto) e sumo de ½ limão. Deixe cozinhar em lume brando até as framboesas estarem bem desfeitas e terem largado o sumo, formando uma calda. Passe por um coador, para descartar as grainhas, pressionando com uma espátula, de forma a extrair todo o coulis. Deixe arrefecer e reserve até servir.

Para preparar o merengue, bata duas claras em castelo com 2 colheres de sopa de açúcar amarelo e uma pitada de sal até ficar bem firme (guarde as outras duas claras no frigorífico ou no congelador para futuras utilizações).
Coloque o merengue num saco pasteleiro e faça pequenos montes de merengue por toda a tarte. Queime com um maçarico de cozinha ou leve ao forno quente na posição grill durante cerca de meio minuto ou até os montinhos ganharem um pouco de cor (é muito rápido). Depois de arrefecida, leve ao frio.
Decore com folhinhas de hortelã, as restantes framboesas frescas e raspas de chocolate, e sirva acompanhada do coulis.

10 comentários:

Miranda disse...

uiiiiiiiiiiiiiiiiii tem tão bom aspecto!!!! Adoro leite condensado, é daquelas coisas que nem posso ter em casa ou dá mau resultado - tipo enfardar uma lata inteira sózinha...
http://bloglairdutemps.blogspot.pt

Mary - Strawberrycandy disse...

Que maravilha,...adorei ,...
Beijinhos,
Espero por ti em:
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

Lua disse...

A tarte ficou com um aspecto maravilhoso!
Bjs

Lua

Tânia Tiago disse...

Humm... Que tarte mais gulosa. Excelente aspecto.
Bjinhos!! :)

Bimby & Sabores da Vida

Floco D'aveia disse...

Rendi-me! Está fenomenal :) Leite condensado.. faz-me lembrar tantos pudins que a minha mãe fazia-me, é tão bom recordar! Beijinhos

Rita Azevedo disse...

Onde posso encontrar uma forma desse género?
Obg

Lume Brando disse...

Olá Rita,
A minha forma é de aqui:
http://www.ametalurgica.pt/?product_cat=classicas&paged=7

Julgo que também poderá encontrar na César Castro ou na Nortel.

Beijinho
Teresa

Bela Dina disse...

Eu não digo????? Ai ai ai ai! Que aspecto delicioso!

Susana disse...

Olá boa tarde,
Parabéns pelo seu trabalho! Tenho uma dúvida; os 100g de framboesas frescas ou congeladas são destinadas ao coulis. Os outros 250g de framboesas dividem-se em 100g para a mistura de leite condensado e os restantes 150g? São as framboesas decorativas? Obrigada desde já pelo seu esclarecimento.

Teresa Rebelo disse...

Olá Susana, desculpe responder só agora!
Exacto: os 100 g de framboesas frescas ou congeladas são para o coulis.
Os 250 g de framboesas frescas são para a tarte: 100 g para o creme do recheio (vão ser trituradas) e as restantes para colocar inteiras no creme e depois no final a decorar :)

Beijinho
Teresa
Lume Brando