ABOUT                       RECIPES                       LIFE                       INSTAGRAM                       FACEBOOK                       PINTEREST



7.1.16

Feliz 2016!













Esta sopa foi feita quando a dupla outono-inverno ainda não tinha dado um ar de sua graça.
Se bem se lembram, novembro e dezembro foram meses invulgarmente amenos e falava sobre isso no texto que escrevi para o Observador. Ainda que não goste do tempo cinzento, do frio e da chuva, que nos últimos dias não têm dado tréguas, senti na altura um certo desconforto pelas trocas e baldrocas climáticas. Se é para bater o dente e apanhar molha, que seja na altura de que falam os livros infantis sobre as quatro estações e que aprendemos quando andávamos na escola (bem sei que também tenho a minha quota parte de responsabilidade nestas alterações... mas esse mea culpa ficará para outra ocasião).

Janeiro, ao que parece, vai fazer jus à sua estação no hemisfério norte. E para lhe fazermos frente (assim como aos excessos típicos das últimas semanas) nada como uma sopa que seja ao mesmo tempo saudável e reconfortante. E esta vem com um bónus: umas bruschettas de cogumelos deliciosas.
Bom Ano!













CREME DE ABÓBORA E CENOURAS ASSADAS COM BRUSCHETTAS DE COGUMELOS

Para duas pessoas, como refeição leve

Para o creme de abóbora e cenouras assadas:
200 g de abóbora menina ou manteiga
200 g de cenoura
1/2 cebola roxa
2 dentes de alho
450 ml de água a ferver
Azeite qb
Sal qb
Pimenta preta qb
Tomilho seco qb
Leite de coco e pevides de abóbora para servir

Para as bruschettas:
4 fatias de pão de mistura
200 g de cogumelos marron
2 dentes de alho
1 fio de azeite
Sal e pimenta preta qb
Queijo-creme qb
Uma mão-cheia de rúcula

Ligue o forno nos 200º.
Descasque a abóbora e as cenouras e parta-as em pedaços.
Parta a cebola roxa em meias-luas e esmague os dentes de alho.
Coloque tudo num tabuleiro de ir ao forno e tempere com azeite, sal, pimenta preta e tomilho.
Leve ao forno durante cerca de 1 hora ou até a cenoura e a abóbora estarem bem macias.
Retire do forno e descarte as peles do alho.
Coloque o alho, a cebola, a abóbora e a cenoura num tacho (ou num robot de cozinha) e junte a água a ferver. Mexa bem e deixe levantar fervura.
Triture tudo com a varinha mágica (ou com o robot).
Prove e retifique os temperos. Se achar que está muito espesso, junte mais água e deixe levantar fervura novamente.

Entretanto, prepare as bruschettas.
Aproveite o calor do forno para tostar as fatias de pão.
Numa frigideira antiaderente salteie os cogumelos fatiados num fio de azeite com os alhos picados. Tempere com um pouco de sal e pimenta preta.
Barre as fatias de pão com queijo-creme e tempere com pimenta preta.
Disponha os cogumelos salteados e termine com a rúcula.

Quando servir, adicione ao creme um fio de leite de coco e polvilhe com sementes de abóbora (se a abóbora que usou tiver sementes, pode aproveitá-las tostando-as no forno — siga as indicações desta receita).

Receita publicada no jornal Observador em 18/11/2015. 

7 comentários:

cozinha100segredos disse...

Feliz ano novo!

Diogo Marques disse...

Começar logo o ano com uma excelente sugestão! Bom ano :)
-
Diogo Marques
Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram | Zomato
-

Susana Machado disse...

que bela receita!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

Sophie disse...

Happy New Year to you!

Tânia Tiago disse...

Óptimas sugestões!!
Feliz ano 2016 também para si.
Bjinhos!!

Tânia Tiago
Bimby & Sabores da Vida

Miranda disse...

Já estou a babar para essa sopa, mesmo ao meu gosto!!! Um bom ano para ti!!
http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

Treinos Culinários disse...

Óptimo aspecto!

Vou experimentar! :)

Gostei muito deste blog e vou passar mais vezes.

Já o coloquei como uma das referências no meu novo blog.

Bom ano!